terça-feira, 22 de março de 2011

FEBRE AZUL NO RIO

A Twentieth Century Fox lança nesta semana a animação que promete ser um dos destaques da sétima arte em 2011: trata-se do filme "Rio", de Carlos Saldanha, diretor dos dois últimos filmes da franquia "A Era do Gelo", que estão entre os filmes mais lucrativos da história do cinema. Para sua nova produção, Saldanha conta com um aparato de divulgação jamais visto para um desenho animado, que também gera um marketing bastante positivo para a cidade maravilhosa.

"Rio" é uma história com altas doses de humor e aventura num dos principais cartões postais do Brasil, senão o mais conhecido pelo público internacional. Seu personagem principal é Blu (Jesse Eisenberg- A Rede Social), uma ararinha azul (espécie quase extinta, com apenas 78 exemplares em todo o mundo, oito no Brasil) que foi capturado ainda filhote e vendido por contrabandistas. Ele cresceu domesticado em Minnesota, Estados Unidos, aos cuidados de sua dona, Linda (Leslie Mann - O Virgem de 40 Anos) , amiga de Túlio (Rodrigo Santoro), um ornitólogo que acredita que Blu é o último de sua espécie. Ao receber a notícia de que foi descoberta uma ararinha azul fêmea no Rio de Janeiro, eles decidem embarcar rumo ao Brasil a fim de ajudar Blu a perpetuar a sua espécie.


Ao chegar na cidade, Blu descobre junto com Jade (dublada por Anne Hathaway - O Diário da Princesa) que a vida no seu habitat natural é bem diferente da qual ele esteve acostumado, e que terá de aprender a voar para se livrar de uma quadrilha de traficantes de aves, onde um dos vilões é Nigel, uma cacatua decadente e seus comparsas, micos malandros que aplicam divertidos golpes nos turistas e perseguem as araras e seus amigos.


Para ajudar Blu e Jade, entram em cena Rafael (George Lopez), um tucano bom de papo, que tem de administrar seu estilo bon-vivant com o posto de pai de família, dividindo as tarefas da casa com sua esposa, a tucana Eva, dublada pela cantora Bebel Gilberto na versão original. Como se proclama conhecedor de tudo e de todos na cidade, Rafael recruta Pedro e Nico, (Will.I.Am, do Black Eyed Peas e Jamie Fox, de "Ray") um pardal e um canarinho responsáveis pela ginga rítmica brasileira nos diálogos e Luiz (Tracy Morgan), um buldogue criado numa loja de motosserras, que acredita ser especialista em engenhocas mecânicas.

O elenco estelar não se resume apenas às vozes apresentadas na história. A trilha sonora é outro fator de destaque em "Rio": para formatar o espírito da cidade em termos musicais, foi escalado o músico Sérgio Mendes, que teve sua carreira renovada há seis anos, com a redescoberta de suas composições e mesclagem de sua linguagem brasileira com o hip hop e a batida eletrônica gringa. A lista das canções que compõem o cenário sonoro de "Rio" possui composições inéditas e regravações feitas especialmente para o filme, com a presença de Carlinhos Brown, Will I Am, Jamie Fox, Bebel Gilberto, Sérgio Mendes, Gracinha Leporace, Ester Dean, Mikael Mutti, Siedah Garret, Davi Vieira e Taio Cruz (cantor britânico cuja mãe é carioca), entre outros.

Falar de "Rio" é o mesmo que falar da saudade. No caso de Blu, a falta de uma vida que ele nunca teve. No caso de Saldanha, o filme é abertamente declarado como o projeto dos seus sonhos. É uma homenagem e uma declaração de amor à cidade que ele teve de deixar para trás ao buscar uma carreira como animador nos estúdios de Hollywood. A equipe de animadores sob o seu comando teve um trabalho árduo que consumiu anos de preparação e muitos meses na frente do computador, além de constantes viagens ao Rio de Janeiro. Para garantir o máximo de fidelidade às paisagens cariocas, a equipe de Carlos Saldanha teve de criar uma topografia da cidade, a partir de fotos e filmagens aéreas dos bairros do Rio de Janeiro, com destaques para os principais pontos turísticos, como as praias e a avenida Marquês de Sapucaí, com direito a desfile de escolas de Samba, uma das cenas mais trabalhosas, segundo o diretor. A cidade também é um dos personagens principais.

Sendo uma importante peça-chave na composição da história, a cidade do Rio de Janeiro não poderia ficar de fora da divulgação do filme. Esta semana foram exibidas cenas do filme, projetadas na fachada do Copacabana Palace, um dos símbolos da cidade maravilhosa. A imagem do Rio de Janeiro, é um capítulo à parte no desenvolvimento do desenho, com a cidade se mostrando uma reunião de culturas e cores quentes, com o aspecto festeiro do carioca enfatizado nos diálogos.


Jesse Eisenberg, Bebel Gilberto, Jamie Fox, Rodrigo Santoro, Carlinhos Brown, Anne Hathaway, Sérgio Mendes, Jermaine Clement, Taio Cruz (em pé) Will.I. Am e Carlos Saldanha (embaixo)

Talvez pela saudade de Carlos Saldanha, o que vemos aqui é um Rio de Janeiro quase utópico, colorido e mágico, e o seu filme chega num momento propício à auto-estima da cidade e do Brasil, que se prepara para ascender na posição de destino turístico com os próximos eventos esportivos a aterrisar no país, como a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016. Para as autoridades cariocas, "Rio" funcionará como uma poderosa peça de propaganda da cidade, sedimentando uma imagem positiva e lúdica da capital a quem assistir a animação.

Alguns aspectos como o tráfico de animais silvestres e os golpes dos micos a turistas distraídos são uma forma sutil de pincelar algumas das mazelas tão familiares a quem mora e visita a cidade, mas nada que possa causar uma idéia negativa a respeito da capital do samba, enfocada de uma forma leve, mas necessária para equilibrar a narrativa, que se mostra tão atraente para crianças, como adultos. Rio é a celebração do espírito brasileiro em sua melhor forma.

Com exibições marcadas para a imprensa e convidados durante a última semana de Março, "Rio" tem a sua estréia mundial nos cinemas do Brasil em 8 de Abril.

Assista o trailer:

Nenhum comentário:

Postar um comentário