terça-feira, 22 de junho de 2010

PAPO SÉRIO

Quem disse que histórias em quadrinhos não pode falar sério? O Ministério da Saúde e da Educação vai distribuir nas escolas uma história em quadrinhos que orienta os jovens sobre a sexualidade, gravidez, drogas, camisinha e preconceito contra homossexuais. A iniciativa faz parte da SPE, programa de Saúde e Prevenção nas Escolas, criado em 2003 com o apoio da Unesco, Unicef e Unfpa (Fundo de População das Nações Unidas).



O bacana é que as HQs contam desenhistas de renome da Marvel e DC, entre os quais Eddy Barrows, que atualmente trabalha com o Superman na saga “War of Supermen”, mas que também já atuou nas HQs do Lanterna Verde e do Spawn. Barrows é brasileiríssimo, nascido em Belém do Pará, mas cresceu em Belo Horizonte. Seu nome verdadeiro é Eduardo Barros. Também fazem parte deste projeto do Governo os desenhistas: Júlia Bax, Edh Muller e Yure Garfunkel.

Os professores receberão um material extra de apoio, com um guia para utilização em sala de aula e um CD-Rom com jogos, wallpapers, perfil dos ilustradores e ideias de aplicação nas aulas. A HQ é voltada para jovens de 13 a 24 anos e visa orientar essa faixa etária para uma sexualidade sadia e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

Pelas ilustrações, parece que a revista será bem bacana. Tem até uma super-heroina a la Supergirl, voando com uma camisinha na mão. A iniciativa é boa, mas este blog só espera que o material seja realmente “educativo” e não beire o pornográfico, como já aconteceu com outras cartilhas distribuídas pelo Governo Brasileiro.



Por Eduardo Marchiori
.

Um comentário:

  1. Já se foi o tempo em que sexualidade era assunto proibido nas escolas. Preservação e segurança devem sim entrar em pauta na educação brasileira desde que sejam abordadas com seriedade.

    ResponderExcluir