domingo, 2 de maio de 2010

HOMEM DE FERRO VOLTA MAIS EQUIPADO

Os fãs de histórias em quadrinhos podem começar a vibrar. Dois anos após sua primeira aparição nas telonas, o Homem de Ferro está de volta em uma nova aventura, cheia de efeitos especiais e um elenco de primeira. Tecnologia é a palavra-chave quando se fala em Homem de Ferro. O personagem, nascido em 1963, em plena Guerra do Vietnã, sempre se manteve atualizado e conectado com todas as inovações eletrônicas ao longo de seus mais de 40 anos de história.

Em 2008, o personagem chegou ao cinema numa versão live-action produzida pela própria Marvel. Foi a primeira produção da editora na área cinematográfica (nas anteriores, os direitos dos personagens foram cedidos aos grandes estúdios) e o resultado agradou aos fãs. Agora, o Homem de Ferro continua suas aventuras, numa produção que estreou no dia 30 de abril (uma semana antes dos EUA) em diversas salas no País.


Robert Downey Jr. repete o papel do industrial Tony Stark, que se transforma no Homem de Ferro ao vestir sua armadura high-tech, com versões muito mais modernas. Quem também está de volta é Gwyneth Paltrow, no papel da secretária Pepper Potts e Jon Favreau (que também é o diretor do filme) encarnando o motorista Happy Hogan. Além desses personagens, o elenco de coadjuvantes é de fazer os fãs vibrarem na poltrona: o vilão Chicote Negro (Mickey Rourke), a espiã russa Viúva Negra (Scarlett Johannson), o empresário rival de Tony Stark, Justin Hammer (Sam Rockwell), o coronel Nick Fury (Samuel L. Jackson) e, claro, o novo herói Máquina de Combate, identidade assumida pelo piloto James Rhodes (Don Cheadle).




Chicote Negro e Dínamo Escarlate em aparições das HQs.

Além dessas aparições, há várias citações de personagens do universo do Homem de Ferro, como Anton Vanko, que nas HQs é o vilão Dínamo Escarlate, mas no filme aparece como pai do Chicote Negro; a Iniciativa: Vingadores, um grupo de heróis criado pelo Homem de Ferro numa fase atual e uma aparição hilária de um artefato que não vamos revelar o que é para não estragar a surpresa, mas que gerou muita discussão no filme anterior.

Embora só os fãs do personagem identifiquem esses detalhes, eles não interferem no entendimento da história para o público que não está acostumado com as HQs. Imperdoável foi não terem citado o nome dos personagens que faziam parte da trama, como o Chicote Negro, a Viúva Negra e o próprio Máquina de Combate. Os fãs sabem quem são eles, mas quem não acompanha os quadrinhos fica um pouco perdido.

Apesar desta falha, a aventura é pura diversão. O roteiro é leve e muito bem humorado. Às vezes chega a ser um pouco lento, mas tudo é muito bem amarrado e os momentos de calmaria são necessários para contar a história. Quando as cenas de ação começam, são de perder o fôlego e ficar na torcida pelo herói – ou heróis, já que desta vez são dois homens a vestir a armadura: o Homem de Ferro e o Máquina de Combate.


Assim como nos quadrinhos, o Máquina de Combate surge num momento de crise na vida de Tony Stark. Embora seja um herói, há um homem por baixo da armadura e a pressão de ser empresário, ter problemas cardíacos, ser perseguido pelo Governo, interessado em usar a armadura do Homem de Ferro nas Forças Armadas, e ainda combater o crime ao redor do mundo causa um colapso psicológico que o leva ao alcoolismo.


Máquina de Combate ganhou até título próprio no mercado norte-americano.

É isso que faz os heróis da Marvel tão interessantes há mais de 40 anos: o fato de terem poderes especiais não os fazem divinos. Pelo contrário, são os conflitos humanos que, na maioria das vezes, dão o rumo à história e mostram que o heroismo não está no fato de ter ou não superpoderes, mas sim na forma como superam problemas comuns a cada um de nós.

Homem de Ferro 2 prepara o terreno para as outras produções de heróis da Marvel: Thor (com estreia prevista para maio de 2011), Capitão América e Vingadores (ambos para 2012). A participação de Samuel L. Jackson como o Coronel Nick Fury é o ponto comum entre essas produções e a citação de uma certa “Iniciativa Vingadores” já dá uma mostra de que a editora pretende criar uma megafranquia de super-heróis no cinema. Bom para os fãs, que poderão ver seus personagens favoritos em carne e osso e também para o público em geral, que poderão conhecê-los pela primeira vez e saber por quê eles são tão fascinantes.

Vale dizer que, assim como no primeiro filme, este também tem uma cena após os créditos finais que farão os fãs delirarem. Portanto, não saia do cinema antes ou vai perder a diversão!

Scarlett Johansson é a Viúva Negra em carne-e-osso!

Ficha técnica: Homem de Ferro 2 (Iron Man 2, 2010) - Direção: Jon Favreau. Com Robert Downey Jr. (Tony Stark/Homem de Ferro), Don Cheadle (James Rodhes/Máquina de Combate), Gwyneth Paltrow (Pepper Potts), Scarllet Johansson (Natalie Rushman/Natasha Romanoff/Viúva Negra). Mickey Rourke (Chicote Negro), Sam Rockwell (Justin Hammer) e Samuel L. Jackson (Nick Fury).





ENCICLOPÉDIA NERD:

Antes de ver o filme, conheça um pouco mais sobre o universo do Homem de Ferro nos quadrinhos:

Estréia: O herói estreou na revista Tales of Suspense 39, de 1963. Em plena guerra do Vietnã, o empresário Tony Stark é capturado pelos vietcongues e obrigado a construir armas para eles. Ao invés disso, ele faz para si uma armadura que o permite fugir e o transforma no Homem de Ferro.
Máquina de Combate: O piloto James Rhodes é o melhor amigo de Tony Stark, que assume a identidade do Homem de Ferro no período em que ele esteve afastado por conta do alcoolismo. Quando se recuperou, Stark criou uma armadura de guerra como agradecimento e Rhodes assumiu a identidade de um novo herói.
Viúva Negra: A espiã russa Natasha Romanoff apareceu nas aventuras do Homem de Ferro como uma vilã, mas acabou se apaixonando pelo herói. Depois, deserdou do seu país e passou a agir como heroína.
Chicote Negro: Mark Scarlotti era um engenheiro das Indústrias Stark que se envolveu com uma organização criminosa e desenvolveu várias armas para o submundo. Uma delas é um chicote eletrônico capaz de dilacerar qualquer substância.
Justin Hammer (à direita): empresário inescrupuloso que financia diversos criminosos superpoderosos. Chegou a controlar a armadura do Homem de Ferro à distância, fazendo com que os raios repulsores do herói matassem um importante político. Também roubou a tecnologia Stark e utilizou-a em equipamentos fornecidos aos inimigos do Homem de Ferro.
Anton Vanko: Professor russo que desenvolveu uma poderosa armadura e se tornou o vilão conhecido como Dínamo Escarlate. Deserdou de seu país quando descobriu que os russos queriam matá-lo depois que ele derrotasse o Homem de Ferro e se tornou amigo do herói.

Dica do restante da equipe Cajumanga: O filme já estreou, e como todo bom blockbuster, está devidamente distribuído em um grande número de cópias pelo Brasil afora. Mas sugerimos uma atenção redobrada na hora de comprar os ingressos: A maioria das cópias são dubladas.

Quem avisa amigo é. :)


Por Eduardo Marchiori
.

2 comentários:

  1. Muito bom o texto, realmente dá vontade de ir correndo assistir o filme.

    ResponderExcluir
  2. Caracaaaaa... esse muleque entende do assunto... que bom que sempre estou ao seu lado nas telonas pra perguntar as coisas e curiosidades... amei a matéria... super completa... isso que dá contratar jornalista formado pra Cajumanga.... kkkk parabens á revista.

    ResponderExcluir